segunda-feira, novembro 21, 2011

Carta


Queridos filhos, amigos e parceiros de caminhada,

Neste ano, durante o encontro nacional, tive a oportunidade de avaliar nossa existência enquanto movimento e nossos desafios enquanto estação. Fica claro que a estação do Caminho da Graça em Fortaleza tem sido boa para nós. Ela nos favorece encontros e a partir destes aprendizados e cura, porém o fim da caminhada não é a estação, daí ser importante não fazermos dela estacionamento.

Por isso é que tenho estimulado as reuniões caseiras em vários bairros, para servir de apoio e cuidado das pessoas de maneira mais exitosa e pessoal. Que aqueles que entre nós dotados de dons de cuidado e ensino, reúnam em suas casas os que passam. Airton, Gilson, Timóteo, Hugo, etc.

Eu sempre os aguardo na reunião dominical onde prego o Evangelho e vos deixo inteirados de tudo que estamos fazendo, além das divulgações nas mídias que temos, como blogs e comunidades virtuais.

Continuaremos com nosso encontro na livraria onde nos permitimos à discussão, tudo de maneira leve. Além das convivências que nos aproxima e nos divertem. E nesses dias estaremos fazendo nossa agenda de final de ano.

Nossos projetos foram retomados, e nos envolvemos com o Caminho Nações, em especial a missão Angola, o que a partir do próximo domingo e neste espaço estarei explicando melhor.

Quanto as contribuições, elas serão gastas da seguinte forma:

Primeiro atenderemos necessidades urgentes de pessoas próximas a nós.
Segundo investiremos em nossos projetos locais, como o Caminho no Mangue e na Madrugada.
Terceiro investiremos no Caminho Nações e nas mídias do Caminho Nacional.

Com tudo isso, esperamos ser proveitosos onde estamos inseridos.

Um Abraço em Todos

Ivo Fernandes
21 de novembro de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário