terça-feira, julho 03, 2018

Caminhe conosco!



Todos São Bem-Vindos
O caminho da Graça é para todos! Porém, compreendemos que você possa ter algumas preocupações, afinal falam muito de nós e isso às vezes gera confusão. Com as questões abaixo esperamos que isso alivie algumas de suas preocupações.

O Caminho da Graça



               1.      O que é o caminho da graça? Qual seu propósito e missão?



a.       O Caminho da Graça é um movimento comunitário de fé, ação social e ensino que existe para anunciar que "Deus é Amor e onde houver amor Deus aí está. E firmamos nossa fé em que Deus estava em Cristo, reconciliando consigo mesmo o mundo, e não considerando mais os pecados dos homens". 
É uma realidade em constante mudança. Não fazemos dela epicentro de coisa alguma; mantemos a ideia do Espírito Livre. É a simples busca de anunciar e viver o Evangelho que para nós é o modo de ser de Jesus nada mais e nada menos do que isto!
Todavia, vamos nos unir, não para formar um gueto; mas para se tornar um contingente de restauração e Vida, com forças multiplicadas.
Surgido em 2004, a partir do site do Caio Fábio, e acionado como Doce Revolução pelo livro “Sem barganhas com Deus” do mesmo.



               2.      Como se organiza?



a.       Para cumprir melhor nosso propósito nos organizamos institucionalmente através da existência das estações, que são grupos organizados em torno do mesmo entendimento a respeito do Evangelho, reconhecidos pela supervisão e/ou pela mentoria nacional, dos braços sociais do movimento, e dos contatos que servem como embriões de novas estações, além da Capelania.

b.      As estações possuem autonomia quanto suas liturgias e ações sociais, ligadas ao movimento pelo entendimento comum, que podem ser pensados em torno de alinhamentos nos Evangelhos e as Escrituras, e nos conteúdos dos livros "Enigma da Graça", "Sem barganhas com Deus", "Um só Caminho", bem como no conteúdo do site (www.caiofabio.net) e das produções da mentoria.  
Uma Estação é um Caminho da Graça no sentido espiritual que carrega – ou seja, é sua mensagem. Não é uma franquia, nem uma denominação, nem uma filial. É o espaço comunitário onde se desenvolve todo o conceito "do Caminho". E todas as Estações estão ligadas pelo mesmo espírito, e com a unidade de pensamento conforme o Evangelho. Em suma, a ESTAÇÃO é o "local de facilitação da pregação do Evangelho, um foco de disseminação, um endereço, no qual ocorrem encontros REGULARES, encontros que propiciam a ambiência para a Ceia, a imposição de mãos, a oração intercessora, a contribuição financeira, o bate-papo sobre a revelação da Palavra nas Escrituras e a convivência franca".

c.       A Supervisão é um serviço, e visa oferecer suporte aos grupos que se reúnem sob a proposta do Caminho, que é segundo o Evangelho. A supervisão, identifica, testifica, coparticipa e se disponibiliza em alegria e devoção as estações. Tem o papel de discernir conforme a proposta quando o espírito presente nos grupos e estações não é conforme o Evangelho, a exemplo de asceticismos orgulhosos, circuncisões contemporâneas (leis de jejuns, batismos, frequência, dízimos, etc.), jactância em torno de títulos, retórica vazia, academicismo, complicações eclesiásticas, relações de policiamento, sacerdotalização e controle das individualidades, além das fobias que geram comportamentos de juízo. Cabendo nestes casos a admoestação e em casos onde não haja de fato unidade, a correta exposição da não afinidade desses grupos.

d.      A mentoria das estações é exercida por pessoas reconhecidas pelo grupo e testificada pela supervisão como dotada de dons para tal serviço que são em essência: Alguém experimentado na vida, tendo clara consciência da mensagem pregada quanto à compreensão da Graça, não fazendo disso nenhum mérito pessoal, não dependente ou desejoso de títulos, cargos, posições. Ser responsável em sua liberdade, leve em seu trato com o próximo, simples em seu modo de viver. Deve liderar servindo, cheio de paciência, e perseverança na fé. E sempre ensinável. Apto ao ensino.

e.       No Caminho não há o ofício. No Caminho há a necessidade. No Caminho não há o CARGO, há o SERVIÇO que corresponde a uma necessidade que se concretiza. No Caminho só há irmãos e seus dons. Assim quando falamos de mentoria, a entendemos como um serviço devotado a um grupo-sob-o-espírito-do-Caminho, prestado por aqueles que foram habilitados por Deus com dons de liderança em amor, planejamento e aptidão para ensinar, além da SERIEDADE COM A VIDA E DO CARÁTER PESSOAL.
f.        A supervisão é exercida por pessoas convidadas pelo Caio Fábio e/ou pelo grupo de supervisores, representados pela supervisão nacional.
g.       A capelania é o serviço de apoio clínico-pastoral-emocional e orientação realizada por voluntários por meios virtuais e presenciais pelas estações.

            3.      VVTV?
a.       Principal veículo de comunicação do Evangelho entre nós, depois do site caiofabio.net
  
             4.      Qual sua relação com o Caio Fábio?

a.       O Caio é o mentor do Caminho da Graça e tem na organização acima total autonomia para gerir ou interromper processos.

            5.      E a questão do dinheiro?

a.       A filosofia espiritual das "Contribuições Financeiras no Caminho" está baseada no livro do Caio intitulado "Uma Graça Que Poucos Desejam". Trata-se da total voluntariedade em tudo. As estações são autônomas na gestão de suas contribuições, sendo admoestada para participarem das frentes sociais do Caminho, a VVTV, bem com o Fundo das Estações, que serve como base financeira para os serviços da supervisão e para o auxílio dos que servem integralmente ao movimento, bem como as situações de emergência.
b.      Para o Fundo pede-se que o compromisso de cada estação seja regular, a fim de podermos dar conta de projetos planejados.

6. Grupos livres

a.       Reuniões familiares ou amigáveis livres, em torno do evangelho de Jesus, mas não temos vínculos de acompanhamento e nem de responsabilidade para com estes grupos e as Estações do Caminho, que são parte do Movimento Caminho da Graça e, portanto, supervisionadas, e orientadas para o mesmo foco, saúde no evangelho, como na proposta inicial.

            7.      E a questão do que cremos?

a.       Não possuímos nenhum documento teológico oficial que sirva de diretriz para a fé comum. Porém confessamos a fé em Jesus Cristo, conforme revelada nos Evangelhos e nos livros neotestamentários. Cremos que Ele é Aquele que veio segundo a ordem de Melquisedeque, portanto não preso a nenhuma geografia ou código religioso, podendo se manifestar a quem quiser e como quiser. Cremos na natureza transgressora do homem, mas que teve sua condição redimida antes mesmo da fundação do mundo, pela Cruz Eterna, fazendo toda criação já existir no solo da Graça, com o propósito de conduzir toda a criação à plenitude.
b.      A partir dessa fé afirmamos que o único dogma entre nós é o Amor, por isso não nos detemos em questões de ordem teológica, histórica, filosófica, morais, pois todas as coisas devem ser conforme o espírito de Cristo, que carregava o amor encarnado.
c.       Temos em honra os escritos bíblicos, mas entendemos que a Palavra é, as escrituras são apenas o texto, portanto devendo ser julgadas pelo espírito de Cristo que é o Amor.

d.      O conteúdo desta fé está registrado nos livros: “Enigma da Graça”, “Sem barganhas com Deus”, “Um só caminho”, bem como nos artigos da “Doce Revolução”.

8. E a Estação Fortaleza?
A Estação Fortaleza nasceu em abril de 2006 e desde seu nascimento é mentoriada por Ivo Fernandes (www.ivofernandes.blogspot.com) e é um lugar-pouso para os peregrinos, para os caminhantes, nela eles descansam, avaliam sua caminhada, respiram e ganham forças para continuar a caminhada.
A estação não é um estacionamento, ou um depósito. É um lugar para não se “ficar”, mas para se ir e passar sempre que no Caminho precisarmos de reforço na caminhada. Porém não é só um lugar de passagem, é também a estrutura que serve a comunidade espirituais dos irmãos na fé comum. Como organização possui um estrutura que trabalha para o funcionamento da mesma, bem como para a propagação do Evangelho.

A estação é leve e sem regras rígidas porque atende a todos os diferentes caminhantes, porém tem um fundamento de fé e disciplinas espirituais como a oração, a pregação, a contribuição, a comunhão, entre outros.
A estação não é uma mera denominação religiosa, mas um espaço para todos, onde se é possível a comunhão. Ela não é um fim em si mesma. Ela existe para os caminhantes e não os caminhantes para ela.


O CONVITE ESTÁ FEITO! VEM CAMINHAR COM A GENTE! VEM QUE NO CAMINHO NOS EXPLICAMOS O RESTO!
Parte inferior do formulário

quinta-feira, dezembro 21, 2017

Carta de Agradecimento


Caminhantes, amigos (as) e colaboradores (as).

Chegamos a mais um fim de ano. Louvo a Deus por ter decidido nos abençoar por meio de vocês. Sim! Nesses 11 anos que tenho trabalhado sob o símbolo Estação Fortaleza, e onde dediquei meus dons, serviços, talentos, dias, disposição, dinheiro, força e saúde para promover aquilo que acredito. Foi por meio de vossas contribuições, orações, carinho, disposição e honra que consegui.

Por causa de vós me inspiro para continuar lutando pelo que acredito. E no que acredito? Acredito no EVANGELHO, como poder de Deus para a salvação de TODO aquele que Nele crer. Acredito que alcançados por Ele nos tornamos pessoas melhores dispostas ao serviço, ao acolhimento, ao cuidado com o próximo e acima de tudo nos tornamos pessoas livres e conscientes que tal liberdade nos faz donos do roteiro de nossa existência.

Para promover esse Evangelho me engajo na ESTAÇÃO DO CAMINHO DA GRAÇA EM FORTALEZA, e por meio dela tenho atendido pessoas necessitadas das mais diversas ordens.

Por isso mantenho toda a estrutura e sonho com algo melhor ainda para atender mais gente ainda nesse caminho.

A Meta é fazer da ESTAÇÃO um lugar para acolher pessoas, proporcionado descanso para a alma, e possibilidade de que cada um em seu tempo reinvente a própria vida e siga a jornada.

A cada ano faço algo e melhoro outras coisas na busca desse objetivo. Precisamos de espaços para esse ministério, então não achem desperdício ou em vão nosso investimento nisso. Precisamos de comunhão, de oração comunitária, de serviços, de disciplina e ensino.
Então, muito obrigado por me ajudarem a construir esse sonho.

E que venha 2018, o ano da Comunhão!

Nossas ofertas continuam sendo recolhidas em nossas reuniões e por meio de depósitos. E registrada por nossa tesouraria e avaliada pelo nosso conselho.

Seguem as contas:

BANCO ITAÚ
Ag.: 6540
Conta Corrente: nº: 07498-3

BANCO DO BRASIL
Ag.:4439-3
Conta nº: 19735-1

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Ag.: 0578 001

Conta Corrente: n° 00028273-3

terça-feira, dezembro 19, 2017

Grupos de Oração da Estação do Caminho da Graça em Fortaleza


O que é o Grupo de Oração (GP)?
O Grupo de Oração é uma ação fundamental da Estação do Caminho da Graça em Fortaleza; por meio do qual os irmãos e irmãs se reúnem para se dedicarem a oração comunitária, ao serviço e a comunhão.
O GO da ECGF pode se realizar em qualquer lugar, que ofereça as condições para a oração, a partilha, e todos os outros aspectos da vivência do Evangelho, porém tem na reunião de oração sua expressão principal de evangelização querigmática e que, conforme sua especificidade e mantendo sua identidade, se insere no conjunto de comunhão, participação, obediência e serviço.
Pessoas engajadas na ECGF, através de encontros, orações e formação – buscam fazer acontecer um processo poderoso de renovação espiritual, que transforma a vida pessoal do caminhante e todos os seus relacionamentos com Deus e com o próximo e a comunidade.
O objetivo do Grupo de Oração é levar os participantes a crescer e chegar à maturidade emocional e espiritual, segundo os mandamentos de Jesus. Nesse sentido, caracteriza-se por três momentos distintos, porém interdependentes: serviço, oração e comunhão.
A Reunião do Grupo ocorrerá semanalmente (exceto em casos específicos). Tais momentos são abertos para qualquer pessoa que poderá, a partir dele, começar a fazer parte da ECGF, iniciando uma caminhada de conversão e crescimento perseverante na fé. Assim, pode-se concluir que a porta de entrada na ECGF é a reunião de oração, e sua perseverança dependerá da dinâmica do Grupo de Oração.
Os líderes dos grupos têm liberdade e autonomia na condução da reunião, respeitando as bases da nossa fé comum e os aspectos litúrgicos mínimos, como o horário (não se estendo a mais de 1h30min). Um Folhetim mensal servirá de guia para os elementos comuns em todos os grupos.
Comumente os participantes da reunião de oração são bastante diversos, a exemplo da multidão no dia de Pentecostes (cf. At 2,1-13). Além dos perseverantes membros do Grupo (aqueles que estão na reunião todas as semanas), é comum se introduzirem nela: curiosos, ociosos, desesperados, depressivos, revoltados, entre outros. Alguns vão à reunião por livre vontade, sem motivo aparente, ou simplesmente porque foram convidados; outros estão buscando algo para si ou para outrem (cura física, libertação das drogas ou da bebida, conversão de um parente ou amigo, etc).
Na reunião de oração os carismas devem ser manifestados sem restrições, pois fazem parte do “ver e ouvir” que acolhe àqueles que estão chegando.
Os que são evangelizados devem ser conduzidos as atividades da ECGF para crescerem na Fé, na Fraternidade e na Comunhão.
Ivo Fernandes
Mentor do Caminho da Graça – Estação Fortaleza


GRUPOS DE ORAÇÃO DA ESTAÇÃO

VISITE UM!

ENCONTROS ÀS QUINTAS-FEIRAS ÀS 19H30MIN

GRUPO DE ORAÇÃO ITAPERI I 
RESPONSÁVEIS: Cristina Bessa, Caroline Bessa e Cristiane Bessa.
CONTATOS:
- Cristina: 99935-5192 (Tim e Whatsapp) e 98674-5480 (Oi);
- Caroline: 98822-0049 (Oi e Whatsapp);
- Cristiane: 99954-5535 (Tim e Whatsapp) e 99153-0340 (Claro).

GRUPO DE ORAÇÃO PARQUE DOIS IRMÃOS
RESPONSÁVEIS: NECY LUDOVINO
CONTATOS: WHATSAPP 986807177