sábado, novembro 19, 2011

Sobre o Encontro 2011



Esse ano eu fui ao encontro nacional do caminho de uma maneira completamente diferente de todas as anteriores. Não havia em mim muita energia, e creio que isso se deve a razões pessoais. Minhas dores e relativizações se superlativizaram nos dias próximo ao evento.

Cheguei ao aeroporto de Brasília e algo parecido com a tristeza me fazia companhia. Esse era o meu espírito. Isso me fazia sentir-me cansado com tudo. Questionei logo ao chegar onde tinha caído. Quando foi que deixei o primeiro amor? Essa era minha pergunta o tempo todo.

E mais uma vez para minha alegria, e assim, como em todos os eventos do caminho, meu coração foi alcançado. O Caio durante dois dias questionou o nosso primeiro amor, e concluiu que não temos um primeiro amor para voltar, e sim um amor para começar. Essa é minha questão. Não se trata de saudades, de dúvidas sobre o passado e a questão da vocação. Trata-se de conversão nova. Trata-se de dizer um sim ao chamado que chega ao coração. Trata de caminhada e não de experiências passadas.

Voltei com um espírito renovado, disposto a começar, dizendo sim a Voz que fala em mim. Querendo ser mais honesto comigo mesmo.

Agora enquanto escrevo só uma coisa me habita, a certeza de que não há tempo para gastar-se com aquilo que não é vida. Hoje é o dia em que preciso e essa é minha decisão: Viver dizendo Sim.

Ivo Fernandes
19 de novembro de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário