quarta-feira, novembro 23, 2011

Café&Livros&Amigos

Amigos,

Neste sábado retornamos nosso encontro na Livraria Cultura - Dom Luiz às 18hs.

Continuaremos nossa conversa sobre o pluralismo religioso, destacando os elementos comuns das religiões.

Abraços e até lá.

Contribuição Caminho Nações

Manos, escolhi a segunda-feira após o primeiro domingo de cada mês para fazer o depósito na conta Caminho Nações, então, organizem-se para participar desta graça.

Nossa próxima contribuição será dia 05 de dezembro.

Abraços

segunda-feira, novembro 21, 2011

Carta Aberta

Saudações, 

Esta carta destina-se a qualquer que de alguma forma pode nos ajudar. 

Meu nome é Ivo Fernandes, moro em Fortaleza-CE, e estou envolvido com uma organização humanitária denominada Caminho Nações (Way to the Nations), que tem se dedicado a combater vários abusos feitos a crianças africanas, sobretudo abusos relacionados a religiosos cristãos que vêm açoitando e induzindo a população local a perseguir, mutilar e até matar seus filhos. Existe um vídeo da BBC de Londres bastante elucidativo que explica tais abusos nesse link (http://www.youtube.com/watch?v=miFrfTm-k3g). O trabalho que o Caminho Nações (www.caminhonacoes.com) vem executando na Nigéria envolve o cuidado dessas crianças, recolhendo aquelas rejeitadas pelos seus pais, por conta da ganância dos pastores e religiosos cristãos, sobretudo de linha evangélica pentecostal, que induzem seus pais a darem os seus salários para livrarem as crianças da bruxaria. 

Diante do quadro econômico dos países africanos em geral, sobretudo na Nigéria, a grande maioria dos casos envolve desde o abandono das "crianças-bruxas" por esses pais, até mesmo o assassinato pelos familiares ou pelos de sua aldeia, por medo das influências da suposta bruxaria, induzida pelos religiosos locais. O trabalho do Caminho Nações, organizado pelo Dr. Marcelo Quintela (marceloquintela@caiofabio.net), Diretor-Presidente do Caminho-Nações, tem sido fundamental na região de Eket, no estado de Akwa Ibom da Nigéria, na ajuda humanitária para essas crianças. Há alguns dias, foi lançado um livro fotográfico da primeira expedição local, feita por brasileiros ligados ao Caminho Nações, ao estado de Akwa Ibom, na Nigéria. Esse trabalho foi confeccionado para, através da sua arrecadação, angariar fundos para os trabalhos realizados no local de maior incidência desses abusos humanitários. Entretanto, tivemos algumas notícias preocupantes de um de nossos enviados ao local. O nome dele é Leonardo Rocha, e ele está sendo o representante local, ajudando na organização do trabalho na sede do Caminho Nações em Eket. Segundo o Leonardo, que reside na Inglaterra mas devido à necessidade de atenção de perto aos problemas locais do orfanato criado pela organização, tem ocorridos muitos entraves locais que podem por a perder todo o trabalho já realizado junto à comunidade de Eket, em Akwa Ibom, na Nigéria. Trabalhamos semelhantes desenvolveremos em Senegal e Angola. 

Meu pedido é o seguinte: Como poderíamos unir forças, seja até mesmo com informação ou algum tipo de divulgação, para ajudar nessa causa que se agrava dia-após-dia entre esses irmãos africanos. Estou à disposição para comparecer a qualquer reunião que aconteça no Ceará, ou outro de nossos representantes em outras cidades. Precisamos de qualquer ajuda possível para que esse trabalho humanitário não se perca. Tenho um exemplar do livro supracitado, que documenta o trabalho do Caminho Nações. Estamos dispostos a lhes apresentar pessoalmente a seriedade do trabalho social e humanitário, lhes garantindo que conheço pessoalmente os envolvidos nesse projeto e a seriedade com que eles conduzem tal ação. 

O nosso trabalho não ter qualquer cunho religioso. Nosso trabalho visa salvaguardar as futuras gerações que têm sido martirizadas na África através dos muitos abusos religiosos provocados por muitos religiosos estrangeiros cristãos. Entretanto, buscamos apenas salvar essas crianças, oferecendo-lhes abrigo, alimentação, educação, e sobretudo, uma possibilidade de reintegração à sociedade local. 

Abaixo deixo meus contatos em Fortaleza-CE, além dos contatos da sede de nossa organização. Peço que pelo menos acessem o site do Caminho Nações onde as informações sobre esse projeto estarão disponíveis. Espero poder receber alguma ajuda, orientação, ou pelo menos divulgação por parte de vocês. Agradeço de antemão a atenção dispensada pelos senhores. 

Cordialmente, e com esperança, 

Ivo Fernandes 
 85 9696 2900 
85 8878 5758 
Email: ivofernandes.caminho@gmail.com 
http://www.caminhonacoes.com/ 
(Carta adaptada de Anderson Villaverde)

Carta


Queridos filhos, amigos e parceiros de caminhada,

Neste ano, durante o encontro nacional, tive a oportunidade de avaliar nossa existência enquanto movimento e nossos desafios enquanto estação. Fica claro que a estação do Caminho da Graça em Fortaleza tem sido boa para nós. Ela nos favorece encontros e a partir destes aprendizados e cura, porém o fim da caminhada não é a estação, daí ser importante não fazermos dela estacionamento.

Por isso é que tenho estimulado as reuniões caseiras em vários bairros, para servir de apoio e cuidado das pessoas de maneira mais exitosa e pessoal. Que aqueles que entre nós dotados de dons de cuidado e ensino, reúnam em suas casas os que passam. Airton, Gilson, Timóteo, Hugo, etc.

Eu sempre os aguardo na reunião dominical onde prego o Evangelho e vos deixo inteirados de tudo que estamos fazendo, além das divulgações nas mídias que temos, como blogs e comunidades virtuais.

Continuaremos com nosso encontro na livraria onde nos permitimos à discussão, tudo de maneira leve. Além das convivências que nos aproxima e nos divertem. E nesses dias estaremos fazendo nossa agenda de final de ano.

Nossos projetos foram retomados, e nos envolvemos com o Caminho Nações, em especial a missão Angola, o que a partir do próximo domingo e neste espaço estarei explicando melhor.

Quanto as contribuições, elas serão gastas da seguinte forma:

Primeiro atenderemos necessidades urgentes de pessoas próximas a nós.
Segundo investiremos em nossos projetos locais, como o Caminho no Mangue e na Madrugada.
Terceiro investiremos no Caminho Nações e nas mídias do Caminho Nacional.

Com tudo isso, esperamos ser proveitosos onde estamos inseridos.

Um Abraço em Todos

Ivo Fernandes
21 de novembro de 2011

Angola - Crianças Bruxas

Se você deseja se envolver entre em contato conosco.

Angola - Crianças Bruxas

Se você deseja se envolver entre em contato conosco

sábado, novembro 19, 2011

Sobre o Encontro 2011



Esse ano eu fui ao encontro nacional do caminho de uma maneira completamente diferente de todas as anteriores. Não havia em mim muita energia, e creio que isso se deve a razões pessoais. Minhas dores e relativizações se superlativizaram nos dias próximo ao evento.

Cheguei ao aeroporto de Brasília e algo parecido com a tristeza me fazia companhia. Esse era o meu espírito. Isso me fazia sentir-me cansado com tudo. Questionei logo ao chegar onde tinha caído. Quando foi que deixei o primeiro amor? Essa era minha pergunta o tempo todo.

E mais uma vez para minha alegria, e assim, como em todos os eventos do caminho, meu coração foi alcançado. O Caio durante dois dias questionou o nosso primeiro amor, e concluiu que não temos um primeiro amor para voltar, e sim um amor para começar. Essa é minha questão. Não se trata de saudades, de dúvidas sobre o passado e a questão da vocação. Trata-se de conversão nova. Trata-se de dizer um sim ao chamado que chega ao coração. Trata de caminhada e não de experiências passadas.

Voltei com um espírito renovado, disposto a começar, dizendo sim a Voz que fala em mim. Querendo ser mais honesto comigo mesmo.

Agora enquanto escrevo só uma coisa me habita, a certeza de que não há tempo para gastar-se com aquilo que não é vida. Hoje é o dia em que preciso e essa é minha decisão: Viver dizendo Sim.

Ivo Fernandes
19 de novembro de 2011