sexta-feira, janeiro 08, 2010

Notícias - Nigéria - III

Irmãos queridos,

Acabamos de chegar da rua. Que tempo proveitoso foi este hoje; fomos caminhando pela avenida e conversando com pessoas e entrando em igrejas para falar com seus pastores.

O sentimento que temos é de que este povo não suporta mais esta opressão da bruxaria; são 99% de cristãos escravos da superstição e da mentira do Diabo. Eles anseiam por uma libertação que os livre da dependência de oráculos pastorais e da maldição da bruxaria; nosso panfleto convidava para uma cruzada de PREVENÇÃO da bruxaria; esta palavra "prevenção" deixou-os muito intrigados e nos paravam na rua para perguntar como seria possível alguém se prevenir contra a bruxaria.

Cada um de nós teve que gastar tempo com vários grupos para apresentar o Evangelho da Graça em Jesus em resposta a esta questão deles.

Contudo, o que mais me chocou foi a primeira igreja na qual entramos; fomos atendidos pelo pastor auxiliar e quando entrávamos para conversar com, notamos um jovem acorrentado a uma pilastra; ao fim da conversa eu pedi a ele que fôssemos até o jovem e perguntei ao pastor porque aquele jovem estava acorrentado. Ele respondeu quera para ser liberto do demônio.

Então eu perguntei se ele já tinha visto algo parecido com aquilo em Jesus; se em algum momento Jesus tinha acorrentado algum possesso ou orientado seus discípulos a fazerem isto. Que aquela prática nada tinha com o Evangelho de Jesus.

Perguntei se ele tinha lido isto em Paulo, ou Pedro e João. Ele disse que não era o responsável por aquilo, mas sim o pastor titular e os oficiais da igreja. Enquanto o Marcelo e eu ficamos conversando com o Pastor Auxiliar, o Leo conversava com o jovem, o qual não estava possesso, mas apenas perturbado, possesso deste espírito que possui a quase todos aqui, incluindo o pastor-auxiliar, o titular e os oficiais daquela igreja. Possesso deste espírito evangélico que adoece a alma das pessoas.

Sim, com dor no coração, triste por presenciar uma cena tão horrível, digo que possessos estão todos estes pastores que praticam tal coisa e que demonizam a alma de gente pobre e carente de afeto, tornando-os duas vezes mais filhos do inferno.

Encontramos um pastor que prega contra a estigmatização de crianças como bruxas e que aceitou ter a entrada da igreja marcada com a tinta vermelha.

Vamos prosseguindo.

Orem por mim, pois deverei pregar no próximo domingo e peço ao Senhor que os negerianos possam entender meu inglês tão diferente do deles e tão truncado.

Que o Espírito Santo fale ao corações dos que vão ouvir, para que ouçam a voz de Cristo e não meu inglês.

Orem por todos nós; pelo Marcelo, que nos lidera, pelo Leo que é nosso porta-voz com as autoridades e com todos os Nigerianos que nos servem aqui, pelo Leo Fotógrafo que é nosso olho por onde passamos, pelo Willian, que ajuda incansavelmente em tudo, pelo Clayton que é "filho desta terra"(!!!!) e se emociona com cada criança que vê e pelo Jojo, nosso surfista de coração grande.

Em Cristo, nosso querido Salvador.

Adailton

Nenhum comentário:

Postar um comentário