terça-feira, dezembro 25, 2007

O MISTÉRIO QUE NÃO PODE SER DESPREZADO


Jesus de Nazaré disse; “...pois onde estiverem dois ou três reunidos em meu Nome, ali estarei Eu com eles...” ( Mateus 18.20 ).
Pois bem, diante desta afirmação, ninguém pode desprezar o mistério de um encontro entre três pessoas. Digo mistério, pois, nenhum de nós é capaz de entender o que é isto pra valer, isto é, a presença de Jesus entre nós. O que podemos é nos reportar ao relato dos evangelhos e viver na mesma expectativa daqueles que gozaram do privilegio da presença física de Jesus entre eles. O que lemos é que, em Ele estando presente, as possibilidades de festa, cura, libertação, restauração, aproximações e reaproximações, reconciliações e até mesmo ressurreição é um fato. Portanto, NÀO DESPREZE O MISTERIO DOS PEQUENOS ENCONTROS.
Embora, o fascínio pelos grandes ajuntamentos é que domina o universo religioso destes tempos confusos, insisto, HÁ UM MISTERIO NO ENONCTRO ENTRE DUAS OU TRES PESSOAS. Não o despreze. Os pequenos encontros possibilitam um tratamento personalizado, isto é, no mínimo, saber os nomes das pessoas e a partir daí, um pouco da historia de cada um e quem sabe, o inserir-se na vida daqueles que carecem de vida. Sim, a possibilidade de se receber vida das vidas daqueles com os quais você se reparte.
Nossos encontros no CAMINHO DA GRAÇA , tem produzido, facilitado, quem sabe, este mistério. A presença de Cristo entre nós, em nós e sobre nós tem sido evidente. A informalidade, a simplicidade, a interatividade, a leveza, e ao mesmo tempo a responsabilidade dos caminhantes tem sido ponto Maximo de nossos encontros. A leitura sem pressa do evangelho. A baixa expectativa. A ausência de comparações. O cuidado uns com os outros. A mutualidade. Enfim, esta tem sido nossa realidade. Uma realidade de mistério.
É impossível enumerar os tantos testemunhos que tenho ouvido e lido dos que tem sido tocados por estes itens que são comuns entre nós. Por conta disto, sem que isto seja uma obrigação ou se torne moeda de barganha com Deus, reparta sua vida estando conosco assim que puder.
Insisto, sempre que você chega, É FESTA. Sempre que nos encontramos, abrimos espaços para o mistério do encontro. Você que nunca esteve conosco, creia, você será acolhido, aceito, respeitado, e também inserido no encontro, na expectativa de que sua presença seja abençoadora, e você seja abençoado.
Enquanto escrevo, oro por aqueles que lerão este texto e o receberão como convite ao mistério de um encontro com Ele, Jesus de Nazaré, e tudo aquilo que pode acontecer a todos que se reúnem em Seu nome. Oro para que você encontre um ambiente saudável. Um ambiente onde, mesmo o confronto com a palavra da verdade, produza tantos benefícios que você se sinta atraído a voltar e a trazer outros com você. O mistério da presença de Cristo entre nós, deve ser a principal motivação para nos encontrarmos.
Encorajo você a se dispor. Encorajo você a tentar outra vez. Mesmo que você seja uma das tantas vitimas do sistema religioso que despreza os encontros simples, insisto, tente novamente. Oro para que você reencontre a beleza, o encantamento, e se em-maravilhe outra vez com Jesus de Nazaré.
Aguardamos você para juntos nos deslumbrarmos outra vez com o mistério da presença de Jesus entre nós. Ele é o nosso destino. É para Ele que estamos voltando, isto é, a Casa do Pai. É por causa dEle que vivemos e só por Ele vale a pena viver. Ele é o nosso Amado. Quando nos encontramos, Ele nos visita e nos acolhe. Isto é mistério, e, se é mistério, é profundo, insondável, inexplicável. Assim é um encontro entre dois ou três em nome de Jesus. Nunca despreze esta possibilidade.
Com carinho.
Carlos Bregantim

Nenhum comentário:

Postar um comentário